Sete dicas para transformar a (sua) leitura em hábito

Se você acha que seu filho lê pouco e já não sabe o que fazer para mudar essa situação e estimulá-lo mais, saiba que essa não é uma percepção somente sua, é uma realidade nacional, mas que, com hábitos simples, pode ser mudada. Você, inclusive, pode fazer parte dessa mudança. Veja só!

Uma pesquisa realizada em 2016 pela agência NOP World para medir “hábitos de mídia” em 30 países revelou que o Brasil está na 27ª posição no ranking de leitura, à frente apenas de Taiwan, Japão e Coreia. A Índia está no topo da lista, com o maior tempo dedicado à leitura.

De acordo com o estudo, o brasileiro dedica, em média, apenas 5 horas por semana para a leitura de livros. A metade do tempo dos indianos, que dedicam o dobro desse tempo à leitura. E seu filho, quanto tempo se dedica lendo um livro e, ainda, quanto tempo você mesma se dedica à leitura?

Para que o hábito da leitura se construa, é imprescindível usufruir da expectativa da próxima página, pois, através da curiosidade e do encantamento, percebe-se o quanto os livros ampliam o conhecimento e outras formas de pensar”, diz a psicóloga e psicanalista, com especialização em Neuropsicologia, Rachel Cantelli.

Página a página

A especialista explica que o hábito deve ser introduzido desde cedo e pode ser comparado à alimentação. Para ela, assim como a alimentação sólida do bebê é introduzida aos poucos, a leitura também deve ser inserida na vida da criança gradativamente, até se tornar parte da rotina.

O prazer de ler pode ser construído tal qual o prazer de comer. A alimentação do bebê inicia-se com doses pequenas e com pouca variedade de alimentos: três frutas em suco, depois em papas e depois em pedaços. Assim, uma dica para estimular o hábito da leitura é começar aos poucos, com uma, duas, dez páginas por dia até chegar a cem ou mais”, compara.

Da primeira infância à vida adulta

Mas se o hábito não foi construído na infância, não há problema. Sempre é tempo de começar a ler bons livros. Na adolescência, a leitura pode ser estimulada partindo de temas do interesse de cada um. Nessa fase, os adolescentes se interessam muito por séries e filmes muitas vezes baseados em livros. Uma dica é sempre oferecer a versão em livro. Você já tentou?

Além disso, em todas as fases, o livro deve ser adequado à compreensão do leitor. Aos poucos, a leitura vai ampliando o vocabulário. O hábito também deve entrar na rotina da família. Não adianta querer que seus filhos leiam se você mesmo não o faz, não é? Que tal começar agora?

Veja 7 dicas para transformar a (sua) leitura em hábito

  1. Escolha livros que despertem o seu interesse.
  2. Peça indicações, converse com amigos, mas não force a leitura se você não gostou da obra. Há uma infinidade de títulos de que você vai gostar muito mais do que outros. A leitura deve ser um prazer.
  3. Leia todos os dias. Reserve uma hora do seu dia e crie um cenário agradável para a leitura.
  4. Faça um cantinho para ler em sua casa ou no trabalho, para aproveitar os intervalos de tempo. O espaço deve ser silencioso e agradável.
  5. A falta de tempo não pode ser uma desculpa; você pode até baixar o livro preferido no celular, no Ipad ou no Kindle para facilitar. Está na fila do banco? Leia. Parou para um café? Beba acompanhado de um bom livro.
  6. Frequente bibliotecas, sebos e troque os livros com os amigos. Você sempre vai encontrar pessoas que têm os mesmos gostos de leitura que você.
  7. Crie um clube de leitura. Falar sobre o que leu é uma maneira de assimilar a informação e aguçar a curiosidade de mais pessoas. Seja um leitor voraz e estimule outras pessoas a serem também!

Leia mais:

Seis dicas para o seu filho gostar de ler
Dica para incentivar a leitura: começar pelos temas de que as crianças mais gostam!