É possível aprender, de verdade, inglês na escola? No Programa Encontro, especialista deu a resposta

A dúvida de muitas famílias hoje é: será que dá mesmo para aprender inglês na escola sem ter que matricular meu filho em um curso fora? Provavelmente, há alguns anos, a resposta para essa pergunta seria negativa. Mas, hoje, diante de todas as mudanças na educação, a perspectiva é outra.

Se antes os pais deixavam a escola com um conhecimento mínimo da língua estrangeira, atualmente os alunos encontram na instituição um espaço bem maior para o aprendizado de outros idiomas. É isso que mostra a reportagem feita pelo programa Encontro, com Fátima Bernardes, que contou com a participação de Acedriana Vicente, educadora do Positivo.

“Acreditava-se que aprender uma segunda língua ia comprometer a alfabetização na língua portuguesa. Já hoje se acredita, inclusive, que a criança que fala uma segunda língua consegue aprender mais e melhor outros conteúdos”, explica Acedriana.

Para que isso aconteça, ela argumenta: são necessárias algumas estratégias, entre as quais aumentar a carga horária – para que os alunos tenham um contato maior com a língua – e separá-los pelo nível de domínio do idioma, não por idade.

“É possível, sim, aprender inglês na escola graças às mudanças na educação. O vaivém para o curso de inglês pode ser coisa do passado”, concorda a apresentadora Fátima Bernardes.

Quer saber mais sobre como as crianças aprendem a língua inglesa hoje nas escolas? Assista à matéria completa, clicando na imagem abaixo!

Leia mais:

Programa Encontro traz dicas para os pais escolherem a escola certa para os filhos
Meu filho quer fazer intercâmbio. E agora?