Escola bilíngue ou internacional: o que levar em conta antes de escolher

Em dois posts, vamos tentar esclarecer qual das duas atende melhor às expectativas dos pais quanto à educação dos filhos: escola bilíngue ou internacional?

Oferecer ao filho a chance de terminar o período escolar com perfeito domínio da língua inglesa é desejo da maioria dos pais, principalmente daqueles que não tiveram a mesma oportunidade durante sua vida escolar. E para garantir isso, muitos acabam por considerar a possibilidade de escolher uma escola bilíngue ou internacional para seus filhos.

Embora as duas tragam como consequência natural o domínio do idioma, suas propostas pedagógicas e currículos são bastante distintos. É importante entender a diferença entre elas e analisar bem as peculiaridades de cada uma antes de decidir.

Principais características e vantagens de uma escola bilíngue

Com foco principal no domínio do idioma estrangeiro, os colégios bilíngues costumam seguir os parâmetros curriculares nacionais, além de utilizar o calendário letivo brasileiro. As disciplinas podem ser ministradas tanto em português quanto em inglês, permitindo que o estudante assista a uma aula de matemática, por exemplo, em outra língua que não o português. Muitas dessas instituições acabam oferecendo conteúdos e atividades extracurriculares na língua inglesa, como esportes, arte, teatro e culinária, a fim de promover um maior contato com o idioma proposto.

Outra possibilidade bastante comum em colégios bilíngues é que, no período estendido de aulas, as disciplinas de ciências, arte e educação física aconteçam também em inglês, enquanto as demais ocorrem em português. Dessa forma, ao término da educação básica, com uma exposição balanceada entre os dois idiomas – português e inglês –, o aluno terá adquirido a fluência oral e escrita em inglês por meio de exposição maior e mais significativa.

Quando a escola bilíngue é mais indicada?

Normalmente, uma escola bilíngue é mais indicada para aqueles que desejam que seus filhos tenham um contato maior com o inglês e aprendam através de vivências reais durante as atividades ministradas em inglês. Num colégio bilíngue, o aprendizado se torna mais significativo e natural, já que a língua adicional faz parte da comunicação interna da escola num país em que o inglês não é ouvido ou utilizado fora do contexto escolar. Como o currículo padrão é o brasileiro, para aqueles estudantes que pretendem prestar exames vestibulares e realizarem a prova do Enem, esta talvez seja a melhor opção.

Veja aqui as vantagens e características principais das escolas internacionais.

Leia mais:

Escola bilíngue ou internacional: o que levar em conta antes de escolher (parte 2)
Inglês na escola: a evolução do ensino