Lição de casa: um exercício de paciência para pais e filhos

Entender a importância da lição de casa e exercitar a paciência é fundamental para auxiliar os filhos

Atire a primeira pedra aquele que, depois de um dia cansativo, ao sentar com o filho para fazer a lição de casa, nunca tenha se desgastado ou perdido a paciência com a criança. Muitas vezes, as atividades enviadas pela escola exigem tempo, concentração e oferecem um grau de dificuldade que ajudam a tornar o momento estressante e tenso para pais e filhos.

É preciso cuidado para evitar que a lição de casa se transforme numa experiência desagradável, com cobranças, pressões e traumas. Os pais devem repetir as orientações pacientemente, quantas vezes forem necessárias. Saber estimular a autonomia, mantendo um acompanhamento próximo e atento, requer equilíbrio e disciplina da família – a mesma cobrada dos estudantes. Com o passar do tempo, tudo melhora. À medida que a criança cresce, essa ajuda vai sendo reduzida, e os pais precisam apenas demonstrar interesse e apoiar o filho em sua trajetória.

Tanto empenho e esforço são compensatórios

A lição de casa aproxima a família e é uma excelente oportunidade para que os pais mostrem interesse pelo desempenho escolar dos filhos. Essa interação permite aos pais descobrirem o que está acontecendo na escola, quais conteúdos estão sendo discutidos em sala, tornando-se mais presentes na educação escolar dos filhos. Estudos demonstram que alunos que recebem atenção dos pais na hora de fazerem a tarefa de casa têm desempenho melhor do que aqueles que fazem a lição sozinhos. Por isso, é cada vez mais comum escolas que propõem atividades para serem feitas junto com os pais. A colaboração entre pais e filhos deve ser estimulada porque o envolvimento dos adultos na educação de crianças e jovens contribui positivamente – e de maneira definitiva – para a sua evolução. Durante a execução da lição de casa, pais e filhos conversam e trocam experiências.

Veja resultados positivos dessa troca:

  • A criança percebe que o adulto valoriza a execução da tarefa de casa.
  • Fazendo junto, o adulto dá o exemplo.
  • Os momentos juntos reforçam os laços emocionais entre pais e filhos.
  • A participação dos pais os aproxima do conteúdo que os filhos estão trabalhando, criando uma cumplicidade maior na família. É a mesma situação de quando os filhos visitam o local de trabalho dos pais, passando a entender melhor a atividade do adulto.

O processo educativo só vai produzir bons frutos se todos os responsáveis pelos estudantes estiverem plenamente envolvidos, mostrando que a sintonia entre escola e família é indispensável para uma trajetória de sucesso dos futuros adultos.

Leia mais:

Lição de casa é tema do novo programa do Positivo com Patrícia Poeta
Educador do Positivo esclarece dúvidas sobre a lição de casa no programa de Fátima Bernardes