Quer ajudar seu filho gostar de matemática?

Listamos cinco dicas para você incentivar seu filho a gostar de matemática

Aprender brincando. Se você tem filhos na Educação Infantil ou nos anos iniciais do Ensino Fundamental, este é um caminho importante para estimular seu filho gostar de matemática. Quando a disciplina é tratada de forma lúdica e prazerosa, a criança se sente estimulada e é mais simples de ela compreender. Como fazer isso? Confira as dicas abaixo:

Resgate brincadeiras tradicionais 

Jogos como amarelinha e pega-pega também provocam o desenvolvimento matemático. A disciplina envolve muito mais que números – envolve também conceitos de espaço, forma, tempo e medida. Tais brincadeiras fazem a criança entender o espaço e ter consciência corporal, o que ajuda no raciocínio lógico matemático.

Utilize histórias infantis com conceitos da matemática 

Alguns livros trazem questões envolvendo quantidade, medidas e espaço e é importante para a criança lidar com essas noções. Os pais devem dramatizar as histórias e caprichar nos cenários, o que vai despertar o interesse da criança e fazê-la se envolver com isso.

Brinque com dobraduras 

Um dos lados que mais ajuda o desenvolvimento da criança na matemática é o raciocínio geométrico. Faça dobraduras com seu filho. Os origamis são uma maneira dele visualizar as formas geométricas e aprender brincando! Use diferentes papéis, tamanhos e texturas.

Permita o uso de tecnologias

De modo equilibrado, os aparatos tecnológicos contribuem para o raciocínio lógico. Os pais precisam controlar o uso e o conteúdo, sem esquecer que alguns jogos podem incentivá-los a pensar além do dia a dia.

Aposte em jogos educativos

Alguns jogos, como quebra-cabeças e tangram, contribuem para o desenvolvimento do raciocínio geométrico do seu filho. O tangram é um quebra-cabeça chinês composto pelas formas geométricas mais básicas e desafia as crianças a montarem formas e figuras incomuns. Os dois jogos podem ser construídos com a criança. Com o tangram, o seu filho entende formas, pontas e reconhece movimentos de rotação. Quando você vira um retângulo, a criança fica em dúvida e é desafiada.

Leia mais:

Patrícia Poeta fala sobre a nova forma de ensinar e aprender matemática
Escola conveniada é notícia no programa Encontro por projetos de alfabetização matemática